Antes: o amor, Durante: a vida

Resiliência necessária

A gente aprende a ser forte apanhando. da vida, da família, do companheiro. apanhando física, emocional e psicologicamente. Mas a gente continua forte. porque é necessário, não porque queremos.

Resiliência. é disso que somos feitos e refeitos. a cada tapa. a cada chute. a cada novo golpe, nós resistimos. e sentimos. a dor, a angústia, o sofrimento. e sobrevivemos. ao fim. aos começos. aos meios.Pode até ser bobagem mas me sinto golpeada quando dizes que me admiras por ser forte. eu não queria precisar ser forte. eu não queria saber sobreviver apesar dos golpes. porque eu não queria os golpes. eu não queria as dores. eu não queria os cortes, as perdas e os sangramentos. mas tu me exige isso. a vida me exige isso.

Ser forte significa vencer as adversidades. contudo vencer não significa não sentir ou viver intacta. e tu não imaginas o quanto eu daria para não ter mais que ser resiliente frente as tuas ações. eu não queria que houvesse dor enquanto estivermos juntos, mas tua insistência em me fazer forte torna isso impossível. tu força. eu resiliência.

a vida sempre me cobrou mais do que eu tinha. sempre me pedir para ir além das minhas capacidades. para desenvolvê-las. começo achar realmente que aquele vilão maluco de Daedpool tem razão, as capacidades só se mostram depois de muito sofrimento. mas poha, até no amor?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s