Antes: o amor

Acordei hoje com teu perfume.

Acordei hoje com teu perfume.

Teu perfume foi a primeira coisa que senti quando me percebi despertando. Depois vieram o calor das nossas pele, a maciez do teu cabelo e aquele arrepiu que me dá sempre que escosto em ti.  Nossos braços e abraços eram, sem duvida, a maior tradução do que tinha sido a noite anterior: ali, naquele momento, nós três éramos o retrato do amor e da paz.

Enquanto amanhacia, consegui compreender que a minha vida deixou de ter sentido se o teu espaço na nossa cama não for preenchido ti. Compreendi também que é em meio àquela confusão de cachos loiros e morenos que minha ruivisse se destaca e a vida se torna completa. Ali, nos poucos momentos que antecediam o início de mais um dia, compreendi que nenhum outro amanhecer poderia ser tão bonito quanto este que eu agora vivia.

Quisera eu ter habilidades para transformar aquela cena tão bonita em poesia mas, quem sou eu para transformar poema vivido em poema escrito?

Enquanto decidia se levantava ou se aproveitava um pouco mais do calor desses dois corpos dos quais aprendi a sentir saudade, sorria feito criança que ganha o presente desejado. Ah, e eu tinha ganho. O homem e a mulher pra minha vida estavam deitados ao meu lado, sonhando e sorrindo após uma noite com ares de romance, regado a vinho, fundue e alegria.

Meu único arrependimento foi não ter podido permanecer mais na cama. Cada abraço, cada beijo, cada contato contigo é único (e raro). Tua alma livre te impede de ficar por muito tempo e aqueles poucos minutos foram-me roubados pelo trabalho. Levantei -me mas continuei a apreciar a beleza rara daquele momento: duas criaturas, de beleza e alma extraordinárias, deitadas em meu leito como se fossem anjos a cachilar em nuvens.

Tomei meu café observando e absorvendo um pouco mais daquela sensação que tua presença me trás: calma, amor e felicidade. Tenho certeza que aquele poema sobre um amor com gosto de fruta foi escrito tomando a ti como inspiração.

Sai e me fui ao mundo sabendo que, o que quer que acontecesse ao longo do dia, nada seria mais bonito do que te ver ali. De ter te amado ali.

Simples e singeladamente.

Eu te amei enquanto te via dormir e nunca me arrependi de {não}ter dito em voz alta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s