Tal qual um grito sufocado, teu recado atravessa o mar dentro de uma garrafa contando com os ventos para encontrar o destinatário correto. Escrita rápida e apressada, de quem se afoga em poesia e sentimento.

Bendita sorte – ou foi o acaso- encontrou-me isolada numa ilha deserta, cheia de pessoas mas vazia de poesia.

Bendito vento que sempre sabe para onde soprar e para onde levar nossos gritos.

Bendito acaso da poesia que nos leva de encontro um ao outro.

Aguenta! Estou partindo a tua procura, que os ventos me levem ate ti a tempo…

Anúncios